Lançamento da revista BrOffice nº 20 e Noticias sobre fim da Associação ONG/OSCIP BrOffice.Org


Texto de Luis Oliveira sobre o lançamento da edição 20 da revista BrOffice:

"A Revista, de uns tempos para cá, tem sido um canal de boas notícias trazidas de empresas nacionais e internacionais que migram para o LibreOffice, não porque é um software com custo zero de licença, mas porque trata-se de produto estratégico que atende todas as necessidades. 
No Brasil a situação é ainda melhor porque o governo federal está apoiando fortemente o software livre. 
Não cessam os exemplos de inclusão digital com software livre, equipamentos e Internet. 

Nessa edição, a radical inclusão digital na área da Educação na cidade de Sumaré, interior de São Paulo, com a compra de notebooks, lousas eletrônicas, novos equipamentos e até um ônibus com o objetivo de levar a inclusão para todos os cantos da cidade. 
Vamos conhecer a Gráfica Livre, uma micro empresa de Minas Gerais que resolveu trabalhar apenas com Software Livre oferecendo, inclusive, suporte para os seus clientes. 
Em artigo memorável, Roberto Salomon trata de um tema atual para a comunidade BrOffice e que também serve para todas as comunidades que tem o trabalho voluntário e colaborativo como sustentáculo. 
o segundo texto da Seção Espaço Aberto, Leonardo Cezar mostra a combinação perfeita entre o LibreOffice e o PostgreSQL. 
A edição traz também mais uma entrevista da série de desenvolvedores do LibreOffice.

Participe enviando sugestões. Se quiser ser um colaborador da Revista traduzindo, escrevendo ou corrigindo textos e até diagramando, escreva para revista(a)broffice.org. Será um prazer tê-lo conosco!!"









  • Extinção da Associação BrOffice.org: 

Em texto divulgado no site broffice.org na noite do dia 17/03, vem confirmar o que estava sendo previsto ao acompanhar uma longa história, narrada/comentada e discutida com quem participa da lista de discussão (gubro-BR, gubro-SP, ...) e alguns sites/blogs e afins.
segue o texto:


"Em Assembleia Geral Ordinária da BrOffice.org – Projeto Brasil, os associados presentes decidiram por unanimidade pela extinção da ONG, na forma da lei, até maio de 2011, entendendo ser este um passo importante para a continuidade e soberania da comunidade, do projeto e do produto.
Esta é uma oportunidade de renovação e crescimento das comunidades e, no entendimento pessoal de cada um dos associados, é o momento de alinhar os esforços da comunidade brasileira ao projeto internacional LibreOffice, incluindo a substituição do nome “BrOffice” por “LibreOffice” no Brasil. Os associados reiteram seus votos de confiança na comunidade brasileira e no contínuo crescimento do produto em nosso País.
Subscrevemo-nos:
Carlos Eduardo de Medeiros Braguini, Claudio Ferreira Filho, David Emmerich Jourdain, Eliane Domingos de Sousa, Felipe Augusto Van de Wiel, Gustavo Buzzatti Pacheco, Gustavo Celso de Queiroz Mazzariol, Leonardo Henrique Cezar, Noelson Alves Duarte, Olga Massako Yamadera, Olivier Henri Philippe Hallot, Rubens Queiroz de Almeida, Sandra Regina Marques de Barros Martins, Sincero Zeferino Filho, Vera Lucia Cavalcante Pereira"

O post conta ainda com um link para arquivo em pdf, "ata da assembléia".

Foram diversos fatores e ocorrências, como reuniões, petições (abaixo-assinado),
falta de apoio, etc...

Claro, eu como editor aqui no ESLI-NUX.com apenas quero informar, não influenciar (pelo menos, neste caso, não).

Provavelmente,
irei redigir uma matéria bem extensa, com a cronologia dos fatos (baseando-me em alguns blogs influentes e que estiveram envolvidos, na lista de discussão, etc...) e publicar num tópico em nosso fórum.
Fórum este que não teve muita adessão e corre sérios riscos de abandono.

Mas enfim,
dentre todas as frases, discursos e etc... devo destacar este parágrafo abaixo, e assim encerrando esta matéria, deixando o leitor curioso e fazendo links (diga-se marketing) do nosso fórum (que passará por mudanças):

"Antes de tudo, a comunidade e o produto BrOffice/LibreOffice SÃO INDEPENDENTES da ONG, pois o desenvolvimento é único e distribuído dentro do projeto internacional, e a comunidade brasileira está cada vez mais presente no seu meio e isso NÃO AFETARÁ a evolução do produto ou a sua adoção no país. Todos continuam podendo usar esta incrível ferramenta livre de escritório, seja no sistema operacional que for, e para todos os usos (institucional, doméstico ou educacional)."

Mais vistos no mês:

As melhores distribuições Linux para 2017

Teste de Performance de Rede com Iperf

TuxMath - Tux, do Comando da Matemática. Ensino e diversão a crianças.

Aula #14 - Os sistemas de arquivos ext2/ext3/ext4

Modelo Firewall Completo em Iptables para pequena rede/office

DHCP - Guia Completo

OPNsense - Firewall Open Source

SSD no linux

Administração de sistema e Deploys: Ansible, Chef, Fabric, Puppet ou Salt?