Pular para o conteúdo principal

TuxMath - Tux, do Comando da Matemática. Ensino e diversão a crianças.




Tux Of Math Command, (Tux, do Comando da Matemática, em sátira ao desenho animado, Buzz Lightyear, do Comando Estelar) ou simplesmente TuxMath é um game open source, no estilo arcade, originalmente desenvolvido para linux, mas atualmente é multiplataforma, disponível em Windows, Mac, BeOS, web, dispositivos móveis...


É um jogo educativo para crianças, estrelando o pinguim Tux, mascote do Linux, que vai destruir todos os meteoros com sua arma de raios laser, que é disparada pelas respostas certas de cada operação matemática, com isto, o objetivo do game é ensinar matemática de uma forma mais criativa e divertida. 


Basicamente, o jogo é semelhante aos jogos arcades de naves, mais semelhante ao Missile Command, os meteoros são acompanhados por operações matemáticas e para destruí-los você terá que resolver as operações.
O jogo é destinado a crianças de 4 a 10 anos.


Curiosidade: A primeira versão alfa do jogo foi lançada pelo seu desenvolvedor inicial, Bill Kendrick, em setembro de 2001, dias antes dos ataques terroristas de 11 de setembro. Decidiu-se logo depois, remover as animações do jogo onde mostrava os prédios explodindo, quando não era resolvido as questões e o meteoro passava pelo Tux.





Possui tutoriais na tela do jogo, ranking de pontos, modo de treinamento.
Desde a versão 1,7 foi incluso o modo multiplayer (útil para escolas), e o modo de jogo chamado “Factoroids”, um clone do clássico jogo de vídeo Atari "Asteroids", modificada para ser uma atividade para treinar fatoração.



Opções de jogo:
Math Command Training Academy: Nesta você escolhe que tipo de operação deseja realizar (adição, subtração, multiplicação ou divisão), clique na escolhida e o jogo inicia automaticamente. Conforme as operações vão aparecendo, deve-se digitar o resultado e clicar “enter” para destruir os cometas.

Play Arcade Game: Escolhe o personagem e cada um representa um nível de operação e deve-se resolver as operações para salvar o planeta.

Play Custom Game: Semelhante ao anterior, mas não é possível escolher o nível de operação.
Help: O Tux vai ajudando a resolver as operações.

More Options: Aqui é demonstrado como se deve jogar, características do projeto, entre outras informações. 






















Página no Sourceforge
(versão atual e anteriores para download):


Site Oficial:
https://tux4kids.alioth.debian.org/

Postagens mais visitadas deste blog

SSD no linux

Mitos e verdades do SSD no Linux - Instalando, configurando e otimizando SSD no Linux SSD são suportados no Linux desde o kernel 2.6.29. Schedulers e File Systems também suportam os 'discos sólidos' ou 'não-rotacionais' (SSDs) há um bom tempo. A maioria dos artigos que existem na internet são bem antigos e não refletem os ambientes atuais dos sistemas Linux. Este artigo trás alguns macetes para otimizar o SSD num ambiente onde o sistema operacional estará instalado nele. Tiro alguns mitos de que seria necessário mudanças bruscas no sistema para que o SSD seja bem aproveitado (hoje, basicamente no uso do dia-a-dia, nada é preciso após instala-lo) apenas alguns pontos a serem observados.

DHCP - Guia Completo

atualizado em 18/03/2015 Olá a todos, disponibilizo mais um guia ;-) Apesar de um assunto bem fácil, sem segredos ou mistérios, o tema deste guia é DHCP Servers. Nele, abordo o que é o dhcp, como funciona e como configurar. A novidade neste guia é que mostro como realizar a configuração de um servidor DHCP usando roteadores "home / small office", como os famosos d-link, encore, tenda, pacific, tp-link, etc... Como criar um servidor dhcp usando equipamentos Cisco, como habilitar o DHCP Server usando a plataforma Windows (Windows Server 2003), e finalmente usando o GNU/Linux. Claro que meu foco é favorecer o uso do Linux para prover este serviço, para isto, mostro desde a configuração mais simples, até algumas avançadas, tanto em modo texto quanto as mais variadas interfaces gráficas existentes no S.O. para configurar e monitorar este simples serviço de rede. No GNU/Linux, abordo o DHCP Server mais utilizado no mundo (da ISC), as configurações mais utilizadas, o c