Aula #32 - pacman, AUR, yaourt, packer e outros



O gerenciador de pacote pacman é uma das grandes vantagens do Arch Linux. Combina um simples pacote no formato binário, com um fácil uso de sistema de compilação. A meta do pacman é tornar o mais fácil possível gerenciar pacotes, sejam eles dos oficiais repositórios Arch ou das próprias compilações do usuário. Permitindo ao usuário baixar/instalar pacotes com um simples comando, completo com todas as dependências requeridas.
Pacman é escrito na linguagem de programação C e usa o formato de pacote ".pkg.tar.xz".

O pacote pacman oficial também contém outras ferramentas úteis, tais como o makepkg, pactree, vercmp, paccachce, pacdiff, paclist, bacman, pacscripts, pacsearch, pacman-optimize, repo-add, repo-remove, testpkg, checkupdates entre outros (execute  pacman -Ql pacman | grep bin para ver a lista completa).



Alguns comandos e opções do pacman:



Retornar uma lista de todos os aplicativos em seu computador e seus números de versão.
Pacman -Q


Visualizar o registo de alterações para uma aplicação instalada
Você pode obter mais informações sobre um pacote ou pacotes de fato fornecendo várias opções de consulta da seguinte maneira:
Pacman -Q -c octopi

Ver pacotes instalados como dependências para outros pacotes
O comando acima irá mostrar-me o changelog para octopi se ele existir. Se não existir, uma mensagem será exibida informando que nenhum changelog está disponível.

Pacman -Q -d
O comando acima mostra todos os arquivos que são instalados como dependências para outros pacotes.

Pacman -Q -d -t
Isso mostrará todas as dependências órfãs instaladas no seu computador.

Exibir pacotes instalados de forma explícita
Se você quiser ver todos os pacotes explicitamente instalados use o seguinte comando:
Pacman -Q -e

Um pacote explícito é aquele que você realmente optou por instalar em oposição a um pacote que foi instalado como uma dependência para outros pacotes.

Você pode ver quais pacotes explícitos não têm dependências usando o seguinte comando:
Pacman -Q -e -t

Ver todos os pacotes em um grupo
Para ver quais pacotes de grupos pertencem a você, use o seguinte comando:
Pacman -Q -g
Isto irá listar o nome do grupo seguido pelo nome do pacote.

Se você quiser saber o nome, descrição e todos os outros detalhes sobre um pacote, use o seguinte comando:
Pacman -Q -i nome_do_pacote

Pacman -Q -n
Encontrar pacotes fora de data

Para encontrar pacotes que precisam ser atualizados, use o seguinte comando:
Pacman -Q -u

Isso retornará uma lista de pacotes, seus números de versão e os números de versão mais recentes.






Como instalar um pacote usando Pacman


Para instalar um pacote, use o seguinte comando:
Pacman -S nome do pacote

Talvez seja necessário usar o sudo. Alternativamente, mude para um usuário com permissões de administrador usando o comando su.

Quando um pacote está disponível em vários repositórios, você pode escolher qual repositório usar, especificando-o no comando da seguinte maneira:
Pacman -S repositoryname / nome do pacote

A instalação de um pacote com o pacman irá baixar e instalar automaticamente todas as dependências.

Você também pode instalar um grupo de pacotes, como um ambiente de área de trabalho como o XFCE.


Para atualizar todos os pacotes desatualizados use o seguinte comando:
Pacman -S -u

Às vezes você quer atualizar os pacotes, mas para um determinado pacote, você quer que ele fique em uma versão mais antiga (porque você sabe que a versão mais recente removeu um recurso ou está quebrado). Você pode usar o seguinte comando para isso:
Pacman -S -u --ignore packagename

Mostrar uma lista de pacotes disponíveis
Você pode exibir uma lista dos pacotes disponíveis no banco de dados de sincronização com o seguinte comando:
Pacman -S -l

Exibir informações sobre um pacote no banco de dados de sincronização
Você pode encontrar informações detalhadas sobre um pacote no banco de dados de sincronização usando o seguinte comando:
Pacman -S -i nome do pacote

Procurar um pacote no banco de dados de sincronização
Se você quiser apenas procurar um pacote no banco de dados de sincronização, use o seguinte comando:
Pacman -S -s nome do pacote

Os resultados serão uma lista de todos os pacotes disponíveis correspondentes aos critérios de pesquisa.

Atualizar o banco de dados de sincronização
Você pode garantir que o banco de dados de sincronização esteja atualizado usando o seguinte comando:
Pacman -S -y

Isso deve ser usado antes de executar o comando upgrade. Também é útil para executar este se você não tiver feito isso em um tempo para que, quando você pesquisa que você está recebendo os últimos resultados.






AUR


Ao contrário da maioria das outras distribuições do Linux, uma vantagem no uso do Arch Linux é que os usuários podem adicionar e instalar seus pacotes favoritos em um repositório da comunidade chamado Arch User Repository ou simplesmente AUR. 
Nele contém os scripts de pacotes (PKGBUILDs) que permitem que você compile um pacote de fonte com makepkg e, em seguida, instalá-lo via pacman. A AUR foi criada para organizar e compartilhar novos pacotes da comunidade e ajudar a acelerar a inclusão dos pacotes populares no repositório da comunidade.
Este repositório é puramente comunitário para os usuários do Arch, e contém aproximadamente 44.000 pacotes. A comunidade AUR tem a capacidade de votar a favor ou contra pacotes no AUR. Se um pacote se torna bastante popular - desde que tenha uma licença compatível e uma boa técnica de empacotamento - pode ser inserido no repositório da comunidade.

No entanto, os pacotes AUR não podem ser instalados usando o Pacman, temos de fazer o download manual, verificar e instalar pacotes AUR. 
A interface web do AUR está no endereço: https://aur.archlinux.org/


Existe vários frontends para o AUR (também compatíveis com o PACMAN) na qual podemos listar o YAY, YAAH, YAOURT, Spinach, Trizen, PRM, Pacaur, apacman e diversos outros. 



YAOURT


Yaourt é uma aplicação em linha de comando que pode ser usado para instalar facilmente pacotes de AUR. 
Em termos simples, Yaourt é um frontend CLI do Pacman com mais recursos e suporte ao AUR.

A syntax básica do yaourt é:
$ yaourt [opções] [pacotes]
$ yaourt


Para atualizar o sistema:
$ yaourt -Syu

Para instalar um pacote:
$ yaourt -S


Para atualizar ou adicionar pacotes (local ou via web):
$ yaourt -U

Para remover um pacote:
$ yaourt -R

Remover recursivamente (e as dependências):
yaourt -Rs

Remover um pacote e suas dependências e todos os pacotes que dependem dele
yaourt -Rsc

Remover um pacote que é exigido por outro, sem retirar suas dependências
yaourt -Rdd

Para construir um pacote via PKGBUILD num diretório local:
$ yaourt -P

Para mostrar os stats dos pacotes:
$ yaourt --stats

Encontrar um pacote
yaourt pacote

Informação sobre um pacote instalado
yaourt -Qi pacote

Obter informações sobre um pacote nos repositórios
yaourt pacote -Si


Limpar o cache de pacotes
yaourt -Scc

Mais vistos no mês:

As melhores distribuições Linux para 2017

Teste de Performance de Rede com Iperf

TuxMath - Tux, do Comando da Matemática. Ensino e diversão a crianças.

Aula #14 - Os sistemas de arquivos ext2/ext3/ext4

Modelo Firewall Completo em Iptables para pequena rede/office

DHCP - Guia Completo

OPNsense - Firewall Open Source

SSD no linux

Administração de sistema e Deploys: Ansible, Chef, Fabric, Puppet ou Salt?

Oracle Linux 7.0 Server com Xfce - Instalação e configurações iniciais