Python 3.7 lançado



No último dia 27/06/2018 foi lançado o Python 3.7 oficialmente!

Esta nova versão do Python está em desenvolvimento desde setembro de 2016.

A versão mais recente da linguagem que visa simplificar tarefas complexas, está agora em versão de produção.
Algumas das coisas novas que temos:

  • Python 3.7 adiciona novas classes de manipulação de dados,
  • otimizações para compilação de scripts e garbage collection
  • recursos de importação do Python
  • API C para suporte de armazenamento local de thread
  • Acesso mais fácil aos depuradores através do novo breakpoint() embutido
  • Criação de classe simples usando data classes
  • Acesso personalizado aos atributos do módulo
  • Suporte aprimorado para type hinting


O mais importante: Python 3.7 é rápido!

Abaixo, 3 delas que resolvi destacar:

Modo de desenvolvimento em Python: Uma nova opção de linha de comando para o interpretador Python, -X, permite que o desenvolvedor defina várias opções de baixo nível para o interpretador. Com o Python 3.7, a opção -X dev ativa o "modo de desenvolvimento", uma série de verificações de tempo de execução que normalmente causam um grande impacto no desempenho, mas são úteis para um desenvolvedor durante o processo de depuração.

O Python 3.7 adiciona o que é chamado de "modo UTF-8", ativado pela opção de linha de comando -X, que assume que o UTF-8 é a localidade fornecida pelo ambiente. Nos Posix locales, o modo UTF-8 é ativado por padrão, mas é desativado em outro lugar para evitar a compatibilidade com versões anteriores. Vale a pena experimentar o modo UTF-8 por padrão, mas ele não deve ser ativado na produção até que você tenha certeza de que todas as interações entre o Python e o ambiente ao redor usam o UTF-8.


Função breakpoint() embutida: O Python vem com seu próprio depurador integrado, embora também possa se conectar a ferramentas de depuração de terceiros, desde que elas possam falar com a API de depuração interna do Python. O que faltava no Python até agora era uma maneira padronizada de disparar o depurador a partir de um aplicativo Python.
O Python 3.7 adiciona breakpoint(), uma função interna que faz com que a execução mude para o depurador quando chamado. O depurador em questão não precisa ser o próprio pdb do Python. Pode ser qualquer depurador que tenha sido definido anteriormente como o depurador escolhido. Anteriormente, o depurador precisaria ser configurado manualmente e depois invocado, o que significava um código mais detalhado. O ponto de interrupção possibilita chamar o depurador em um único comando e manter uma separação clara da configuração do depurador e da sua invocação.



A pagina com as novas features e mudanças do Python 3.7 em comparação com o Python 3.6 é a seguinte:
Prepare a leitura, o texto é grande!

Artigo com alguns exemplos e descrição de novas features:

Mais vistos no mês:

TuxMath - Tux, do Comando da Matemática. Ensino e diversão a crianças.

As melhores distribuições Linux para 2017

SSD no linux

OPNsense - Firewall Open Source

Teste de Performance de Rede com Iperf

DHCP - Guia Completo

TuxPaint - Desenho Para crianças!! Free, Open Source, premiado e reconhecido.