Instalações do 'Zorin OS' enviam dados a cada 60 minutos para seus servidores


Depois do Ubuntu (Canonical), outra distro atrás de uma empresa está sendo acusada de coletar dados dos usuários sem avisá-los: Zorin OS (uma distro baseada no Ubuntu com Xfce).


Certa vez a Canonical passou a coletar dados, pesquisa e atividade online para exibir propagandas (mas ACHO que essa ideia morreu...), um dos motivos do pessoal da FSF e o RMS não gostar muito deles ('muito' é eufemismo) https://www.gnu.org/philosophy/ubuntu-spyware.pt-br.html ...

Mas desde o Ubuntu 18.04 LTS a Canonical coleta diversas informações, um sistema de coleta de dados e diagnóstico de usuários, enviando informações sobre os detalhes do sistema operacional, configuração de hardware, aplicativos e configurações do sistema operacional.
Se quer remover isto (a quantidade de dados é surpreendente, vai desde de resolução da tela, localização, se o autologin está habilitado ou não, atualizações, hardware...), basta seguir este guia: https://vitux.com/how-to-force-ubuntu-to-stop-collecting-your-data-from-your-pc/

No Arch (e em várias distribuições derivadas dele) há uma conexão que o NetworkManager faz com um IP do dominio archlinux.org, aparentemente para validar se há ou não conexão, mas que alguns já acusaram de causar aumento de CPU

Algumas distros (Debian e derivados) coletam quais pacotes foram instalados (mas pergunta se quer participar ou não da 'pesquisa de popularidade' dos pacotes durante a instalação e é possível alterar posteriormente), no Arch quem faz isto é o pkgstats.
No Debian os dados de instalação apenas criam um mapa de popularidade e são anônimos:

Mas se mesmo assim quiser reconfigura-lo ou remove-lo:
Disabilitar:
# dpkg-reconfigure popularity-contest

Remover:
# apt-get remove popularity-contest
# apt-get purge popularity-contest



Voltando ao ZorinOS:
Apesar de não tão famoso, ele soma mais de 17 milhões de downloads desde a versão 1.0 lançada em Julho de 2009. Artyom Zorin é o CEO e co-fundador, criou a distro com 12 anos junto com seu irmão enquanto estudavam programação.

A discussão iniciou no reddit principalmente devido o HIG (guia de instalação) aparentemente não informar e não permitir a escolha entre aceitar ou não participar do envio destes 'pings'.
Após a instalação, a distro passa a enviar pings anônimos para seus servidores com a finalidade de 'contar' as instalações.  Porém,  esse ping (que já vai com o seu IP) também envia um identificador único, ou seja, já não é tão anonimo assim.

Para desativa-los deve ser removido o pacote "zorin-os-census".

Ao usar o Zorin OS, seu computador pode ocasionalmente nos enviar um ping que inclui um identificador exclusivo anônimo para o seu computador. Usamos essas informações para contar o número de usuários ativos do Zorin OS. O identificador exclusivo não o identifica, a menos que você (ou alguém agindo em seu nome) o divulgue separadamente.
Na documentação de privacidade é avisado:

Zorin Technology Group Limited and its subsidiaries (“Zorin,” “Zorin Group,” “we,” “us,” or “our,”) collects information from you in different ways, from our websites, software (including “Zorin OS”), online applications, or other locations that refer or link to this Privacy Policy (collectively, our “Services").

Em tradução livre:
O Zorin Technology Group Limited e suas subsidiárias ("Zorin", "Zorin Group") coletam informações sobre você de diferentes maneiras, em nossos sites, software (incluindo "Zorin OS" ), aplicativos on-line ou outros locais que se referem ou vinculam a esta Política de Privacidade (coletivamente, nossos "Serviços").

E no site do ZorinOS há na descrição do SO:
Zorin OS doesn't collect personal data, so advertisers and governments can't spy on your activity. Because Zorin OS is Open Source, anyone can view its source code to ensure its security. It also comes with a firewall, so you can stay safe from attempts to compromise your information.
Em tradução livre:
O Zorin OS não coleta dados pessoais; portanto, anunciantes e governos não podem espionar sua atividade. Como o Zorin OS é de código aberto, qualquer pessoa pode visualizar seu código-fonte para garantir sua segurança. Ele também vem com um firewall, para que você possa se proteger das tentativas de comprometer suas informações.


O ZorinOS é gratuito (versões Core, Lite e Education), a versão "Ultimate" custa US$39.

Comentários