Pular para o conteúdo principal

Programando no Chromebook: Melhores IDEs para o ChromeOS

Olá,
Quem já acompanha meu blog sabe que possuo um notebook de baixo custo com Intel N3010 e 4Gb de ram, comprado numa Black Friday 2016 e que a Positivo enviou com o Mandriva (na qual estou escrevendo este artigo =) Até uns 3 meses atrás estava usando Debian com Xfce e mudei para o Manjaro Xfce.
Bom, voltei ao ChromeOS!

Dentre minha necessidades atuais, a principal é um editor de código ou uma IDE que consiga suprir o que preciso.
No meu trabalho diário basicamente preciso de bash, python, ansible e terraform. Raramente devido a AWS acabo precisando mexer com json e js (policies, lambda, ...).

Parti em busca de uma IDE que consiga principalmente me deixar confortável :-)
Fiz uma lista grande e comecei a testa-los.





IDE por assinatura: ShiftEdit: US$6/mês é restritivo. Outras IDEs excelentes também foram removidas da comparação, como o Cloud9, Codio, ...

O tempo voa! E editores cujo ultima atualização foi em 2014 retirei da lista! Além de outros que na própria descrição informa que o app não está 100% ainda... 
Os que saíram da lista: Celestia, Parallax, ChIDE...

Para textos curtos, frases, listas e anotações eu uso o Google Keep, textos maiores ou em desenvolvimento uso o Evernote. Como alternativa ao Evernote, há o 'Paper' do Dropbox (vale a penas dar uma olhada neste também).

Mas e IDE? Um editor de código?

Caso seu ambiente utilize alguma plataforma que ofereça uma IDE prefira-o, sempre tenho comigo a ideia de 'manter as coisas dentro de casa' como exemplo usar o Eclipse Che estando na plataforma OpenShift da RedHaat ou usar o Cloud9 caso trabalhe com a AWS e tenha 'livre acesso' a usar um ambiente com o C9 (assim como sempre pergunto: para que usar um github/bitbucket/gitlab se você usa a AWS e lá temos o CodeCommit?).

Se você usa o Gitlab, vale a pena tentar usar o Web IDE dele, bem simples (até demais) porém funcional.

IDE online para o Github

Caso seus projetos estejam todos no Github e você não fica offline, use o Gitpod!
Importante: A versão free limita a 100 horas por mês e repositórios públicos! A versão paga inclui tempo ilimitado, repositórios privados, suporte ao Gitlab dentre outros recursos.

Crie sua conta no https://gitpod.io e dê as permissões para ele ler e escrever seus repositórios públicos.


Pronto!

Agora basta acessar a pagina do repositório que deseja abrir com a IDE e na URL inserir o prefixo https://gitpod.io/#


Usei como exemplo o versionamento da configuração do meu zsh.

Caso prefira, existe a extensão para o chrome que adiciona o botão na pagina do repositório:


A plataforma irá subir um contêiner com o seu projeto aberto na IDE.




Na pagina inicial do Gitpod você tem os workspaces que criou e consegue administra-los.
Possibilitando iniciar eles ou remove-los.






IDE offline para Chromebook e ChromeOS

Sem dúvidas, o melhor app que testei foi o Code Pad Text Editor.

  • É nativo na Chrome Store
  • Funciona Offline

É possível usar seu sistema de controle de versão (desde que habilite o Linux no ChromeOS) e abrir os arquivos com o CodePad. 

No meu exemplo usei o Git (costumo criar uma pasta chamada 'Git' e dentro dela colocar os projetos/repositórios).
Com o Linux habilitado no ChromeOS o terminal já terá instalado o Git e o SSH, então basta configurar as chaves ou clonar com https mesmo.
Obviamente, com o Linux habilitado no seu Chromebook (Debian!) nada te impede de instalar sua IDE preferida. Visual Code, Atom, Sublime, Gedit, Geany, Spyder, PyCharm, Notepad++, etc...

O Code Pad é open source, seu código-fonte está no github: https://github.com/andrewbrg/codepad-chrome-app

Acesse-o na Chrome Web Store




O último commit no projeto foi a quase 1 ano atrás e no readme.md informa que está sem manutenção, porém é recente e pelo excelente app, espero logo um fork ou novas atualizações.

O CodePad suporta as seguintes linguagens: Bash, C/C++, CoffeeScript, CSS3, Dockerfile, GitIgnore, GoLang, HTML5, Java, JavaScript, JSON, Less, Markdown, MS SQL, Perl, PHP, PHTML, Plain text, Python, Ruby, Rust, Sass, Scala, SQL, TypeScript, XML, XHTML.

Barra lateral com navegação e gerenciamento do projeto
Diversos temas e configuração de fontes.
Syntax das linguagens, identificação e alertas de erros
Diversos snippets prontos e autocomplete para as linguagens suportadas.

Abaixo, abri o mesmo projeto que testei com o gitpod:


















A falta que senti é de integrar com o git para verificar os commits, diff, branch... ou alguma opção de integrar com plugins terceiros visto que ele edita e abre projetos a partir do gerenciador de arquivos do ChromeOS podemos ter projetos localmente, dropbox, Google Drive, NFS, diretórios compartilhados na rede... Porém, com algum projeto em git remoto (github, gitlab, bitbucket, etc...) ele não integra ainda (como a IDE do GitKraken por exemplo), a solução é habilitar o modo Linux do ChromeOS e baixar o repositório no seu dispositivo.















Obviamente, com o Linux habilitado nada impede de instalar a IDE que mais gostei ou fique confortável do Linux em seu ChromeOS. Geany, Gedit, VSCode, Atom, Sublime etc.... o VI/VIM já está instalado nele =)
Mas fica aí essas duas dicas para você explorar mais estas opções.


Comentários

  1. Olá! Gostaria de ajuda sobre como instalar Python 3 no meu Chromebook, pois só achei tutoriais em inglês na internet...

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Distribuições Linux para 2020

Olá, Fiz um compilado das melhores distros para 2020, ou melhor, da aposta para as melhores distribuições e destaques para 2020. Além disto, algumas listas das melhores distros para o próximo ano feita pelos maiores sites e a melhor distribuição Linux para cada categoria de usuário. Além disto, respondo a pergunta que todos fazem: Qual o Linux mais leve? e Qual o Linux mais bonito? Ubuntu e suas variantes A primeira aposta e mais obvia é o Ubuntu.  Tanto pelo tamanho da comunidade quanto por ser a primeira distro a ser usada quando alguma empresa resolve desenvolver/portar seus aplicativos para linux, além de ser a distro mais indicada para quem está iniciando com o S.O. Soma-se isto ao suporte da Steam, facilitadores como o Lutris e pacotes de apps oficiais distribuídos por devs como Nvidia, Intel dentre outras... Um dos maiores responsáveis é a API Vulkan da AMD e o Proton da Valve/Steam! Que promete fazer muitos gamers mudarem por completo para o Linux e o ubuntu pr

TuxMath - Tux, do Comando da Matemática. Ensino e diversão a crianças.

Tux Of Math Command, (Tux, do Comando da Matemática, em sátira ao desenho animado, Buzz Lightyear, do Comando Estelar) ou simplesmente TuxMath é um game open source, no estilo arcade, originalmente desenvolvido para linux, mas atualmente é multiplataforma, disponível em Windows, Mac, BeOS, web, dispositivos móveis...

SSD no linux

Mitos e verdades do SSD no Linux - Instalando, configurando e otimizando SSD no Linux SSD são suportados no Linux desde o kernel 2.6.29. Schedulers e File Systems também suportam os 'discos sólidos' ou 'não-rotacionais' (SSDs) há um bom tempo. A maioria dos artigos que existem na internet são bem antigos e não refletem os ambientes atuais dos sistemas Linux. Este artigo trás alguns macetes para otimizar o SSD num ambiente onde o sistema operacional estará instalado nele. Tiro alguns mitos de que seria necessário mudanças bruscas no sistema para que o SSD seja bem aproveitado (hoje, basicamente no uso do dia-a-dia, nada é preciso após instala-lo) apenas alguns pontos a serem observados.