Pular para o conteúdo principal

Mapa dos cabos submarinos (e terrestres) de internet

 


 

Infrapedia

Infrapedia é um mapa de crowdsourcing quase em tempo real da infraestrutura global da Internet, detalhando as redes submarinas e terrestres do mundo, bem como outros ativos de infraestrutura crítica em tempo real, ao mesmo tempo que permite que profissionais de rede se conectem entre si para ajudar a melhorar as empresas e vender capacidade mais rápido, mais barato e mais fácil. 

A Infrapedia é uma empresa com fins lucrativos constituída em Delaware.
Os usuários comerciais podem pagar uma taxa ou compartilhar seus dados de status operacional para tornar o Infrapedia um lugar útil.

O foco é mostrar a estrutura da camada 1 da Internet global e desenvolver uma plataforma que permita aos membros da comunidade se envolverem diretamente com provedores de infraestrutura e datacenter para trocar recursos, ver ofertas especiais e muito mais.

A Infrapedia vasculha a Internet e mantem relacionamentos próximos com os principais participantes do mercado, especialistas do setor e recursos da Internet para encontrar ativos de infraestrutura em todo o mundo e atualizar nossos bancos de dados diariamente com status de cabo submarino e data center, interrupções e publicações em mídia social.

A Infrapedia é a única ferramenta pública disponível para engenheiros, tomadores de decisão e especialistas em infraestrutura que oferece uma visão global operacional da infraestrutura da Internet para apoiar a identificação de possíveis áreas de expansão, novas oportunidades e potenciais colaborações com outros membros da comunidade.

Com a ajuda do Conselho Consultivo formado por especialistas do setor, a Infrapedia  desenvolve a conscientização daa comunidade, alcançando outras operadoras, provedores de serviços e negócios na Internet, como Google, Microsoft e Facebook. E com a ajuda dos parceiros e patrocinadores, a Infrapedia é capaz de continuar fornecendo a visão mais realista do mundo da infraestrutura da Internet gratuitamente, garantindo a sustentabilidade de longo prazo da plataforma e da comunidade.

 

Segue o site: https://www.infrapedia.com/app 

Github: https://github.com/infrapedia

SIM! Tem uma API em NodeJS para os mapas.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Distribuições Linux para 2020

Olá, Fiz um compilado das melhores distros para 2020, ou melhor, da aposta para as melhores distribuições e destaques para 2020. Além disto, algumas listas das melhores distros para o próximo ano feita pelos maiores sites e a melhor distribuição Linux para cada categoria de usuário. Além disto, respondo a pergunta que todos fazem: Qual o Linux mais leve? e Qual o Linux mais bonito? Ubuntu e suas variantes A primeira aposta e mais obvia é o Ubuntu.  Tanto pelo tamanho da comunidade quanto por ser a primeira distro a ser usada quando alguma empresa resolve desenvolver/portar seus aplicativos para linux, além de ser a distro mais indicada para quem está iniciando com o S.O. Soma-se isto ao suporte da Steam, facilitadores como o Lutris e pacotes de apps oficiais distribuídos por devs como Nvidia, Intel dentre outras... Um dos maiores responsáveis é a API Vulkan da AMD e o Proton da Valve/Steam! Que promete fazer muitos gamers mudarem por completo para o Linux e o ubuntu pr

TuxMath - Tux, do Comando da Matemática. Ensino e diversão a crianças.

Tux Of Math Command, (Tux, do Comando da Matemática, em sátira ao desenho animado, Buzz Lightyear, do Comando Estelar) ou simplesmente TuxMath é um game open source, no estilo arcade, originalmente desenvolvido para linux, mas atualmente é multiplataforma, disponível em Windows, Mac, BeOS, web, dispositivos móveis...

SSD no linux

Mitos e verdades do SSD no Linux - Instalando, configurando e otimizando SSD no Linux SSD são suportados no Linux desde o kernel 2.6.29. Schedulers e File Systems também suportam os 'discos sólidos' ou 'não-rotacionais' (SSDs) há um bom tempo. A maioria dos artigos que existem na internet são bem antigos e não refletem os ambientes atuais dos sistemas Linux. Este artigo trás alguns macetes para otimizar o SSD num ambiente onde o sistema operacional estará instalado nele. Tiro alguns mitos de que seria necessário mudanças bruscas no sistema para que o SSD seja bem aproveitado (hoje, basicamente no uso do dia-a-dia, nada é preciso após instala-lo) apenas alguns pontos a serem observados.