Gerando senhas no Linux

Gerar senhas fortes via terminal no Linux






TL;DR

# pwgen -Bsync 26 1


O programa pwgen gera senhas projetadas para serem facilmente memorizadas por humanos, sendo o mais seguras possível. 

Senhas memoráveis ​​por humanos nunca serão tão seguras quanto senhas completamente aleatórias. 

# apt install pwgen

Via terminal, apenas executando o pwgen, ele irá gerar diversas senhas(comigo foram 160) todas com 8 caracteres.

Isto equivale ao comando:

# pwgen -nc 8 160

Por outro lado, as senhas geradas de forma completamente aleatória tendem a ser escritas e podem ser comprometidas dessa forma.

Nisto reforço a necessidade de usar um GERENCIADOR DE SENHAS! Não importa qual tipo ou formato, nunca confie num txt, doc ou papel.

O programa pwgen é projetado para ser usado interativamente e em scripts de shell. 

Portanto, seu comportamento padrão difere dependendo se a saída padrão é um dispositivo tty ou um pipe para outro programa. 

Quando a saída padrão (stdout) não é um tty, o pwgen irá gerar apenas uma senha, pois isso tende a ser muito mais conveniente para scripts de shell e para ser compatível com versões anteriores deste programa.


Os parâmetros que uso:


-B

Não use caracteres que possam ser confundidos, como 'l' e '1', ou '0' ou 'O'. 

-s

Gera senhas completamente aleatórias e difíceis de memorizar. E

-y

Inclua pelo menos um caractere especial na senha.

-n

Inclua pelo menos um número na senha

-c

Inclua pelo menos uma letra maiúscula na senha


Após as opções, pode ser passado um numero para a quantidade de caracteres da senha e outro numero para a quantidade de senhas que ele vai gerar.

 # pwgen -Bsync 26 1

 s(hs=.C[e77inF~#r_Y:,&(o[>


 

Irá gerar uma unica senha, com 26 caracteres usando no minimo um numero, um simbolo, uma letra maiuscula e evitará caracteres ambíguos.